Diferencias entre dolomita o dolomia cruda, calcinada y sinterizada

Diferenças entre dolomita ou dolomita bruta, calcinada e sinterizada

O que é dolomita ou dolomita?

A dolomita é um mineral composto principalmente por carbonato de cálcio e magnésio. É amplamente utilizado na indústria devido à sua abundância na natureza e à sua composição química única. No entanto, nem todos os tipos de dolomita são iguais. Neste artigo, falaremos sobre a diferença entre dolomita bruta, dolomita calcinada e dolomita sinterizada, e também falaremos sobre um novo mineral gerado pela calcinação morta da dolomita chamado pericalse.

Dolomita Bruta

A dolomita bruta é a forma natural do mineral. É extraído de pedreiras e minas e é usado na indústria da construção como material de enchimento e para fazer concreto e asfalto. Também é usado na agricultura como fonte de magnésio e cálcio para as plantas. Embora a dolomita bruta seja útil para certas aplicações, ela não é adequada para outras devido à sua composição e características físicas.

Dolomita calcinada CaMg(CO3)2

A dolomita calcinada é produzida pela aplicação de calor à dolomita bruta até 800ºC em um forno horizontal. Durante o processo de calcinação, a dolomita perde parte do seu conteúdo de carbonato de cálcio e magnésio e se transforma em óxido de cálcio e magnésio. A dolomita calcinada é utilizada na indústria siderúrgica como aditivo na fabricação do aço, bem como na produção de vidro, cerâmica e refratários. Também é usado na agricultura para ajustar o pH do solo e melhorar a qualidade da colheita.

Dolomita sinterizada

A dolomita sinterizada, também conhecida como dolomita queimada, é produzida por calcinação de alta temperatura de dolomita bruta, entre 1.400 e 1.800 graus, em um forno vertical. Durante esse processo, a dolomita se decompõe completamente e se transforma em óxido de cálcio e magnésio puro. A dolomita sinterizada é um material de alta qualidade com uma ampla gama de aplicações na indústria, incluindo a fabricação de refratários, cerâmica avançada e vidros especiais. Também é usado na produção de materiais abrasivos e na síntese de compostos químicos.

Pericalse é um novo mineral que é gerado durante este processo de calcinação morta da dolomita. É um óxido de cálcio e magnésio com uma estrutura cristalina única que o torna útil para aplicações na indústria de materiais cerâmicos e avançados. O Pericalse tem resistência a altas temperaturas e é capaz de suportar altas pressões, tornando-o um material ideal para uso em aplicações que exigem alta resistência e durabilidade.

Resumo

Em resumo, dolomita bruta, dolomita calcinada e dolomita sinterizada são materiais muito úteis na indústria. Cada um tem propriedades únicas e é usado em diferentes aplicações. Pericalse, um novo mineral gerado durante a calcinação morta da dolomita, é uma adição interessante ao campo da ciência dos materiais e tem grande potencial para uso em aplicações especializadas no futuro. Esperamos que esta informação tenha sido útil para entender as diferenças entre esses materiais e como eles são usados ​​na indústria.

Voltar para o blogue